Fisioterapia pélvica

A fisioterapia encontra no mercado aparelhos modernos que auxiliam na avaliação e no tratamento da musculatura do assoalho pélvico.

Nesta área de aparelhos modernos contamos com a presença do Miotool Uro, eletromiógrafo de superfície da Miotec® especialmente desenvolvido para os profissionais que atuam na área de reabilitação dos músculos do assoalho pélvico, pois o equipamento fornece informações valiosas sobre a musculatura do paciente, ajudando-o a melhorar a execução dos exercícios de reabilitação, através de estímulos visuais e sonoros (Biofeedback).

A utilização do sensor de eletromiografia na musculatura acessória é importante para evitar um erro comum que as pessoas cometem ao serem instruídas para contrair os músculos do assoalho pélvico, que é a contração dos músculos abdominais. Com o Biofeedback em ambas musculaturas, a paciente pode aprender a contrair os músculos de forma correta.

A cinesioterapia para o assoalho pélvico compreende os exercícios para a normalização do tônus muscular e a melhora da propriocepção desta musculatura.

É empregada tanto para o fortalecimento, como também para reabilitação da musculatura hipotônica como para o relaxamento de áreas hipertônicas.

A eletroterapia é um recurso muito utilizado para o tratamento do assoalho pélvico e suas disfunções. Controlado por microprocessador é indicado pra o tratamento de instabilidades vesicais, incontinências urinárias, prolapsos, períneos dolorosos do pós-parto ou pós-operatório.

Além destes recursos, ainda contamos com a terapia comportamental. Realizada através de diários miccionais, orientações sobre postura na hora da miccção e horários de intervalos.

Cada terapia é selecionada de acordo com cada caso.

 

Andrea A. Bortolazzo

Fisioterapeuta da Clinica Pró Physis

Especialista em Saúde da Mulher e Reabilitação do assoalho pélvico pela Faculdade de Ciências Medicas de Minas Gerais (FCMMG).